O voto nulo e a sua credibilidade

Desde que começei a faculdade de jornalismo, uma das coisas que aprendi, e que passei a levar comigo, é a apuração da veracidade dos fatos.

Com certeza você já deve ter ouvido falar naquela história sobre votos nulos. Caso 50% +1 dos cidadãos anular seus votos a eleição é cancelada e um novo processo com novos candidatos será feito. Essa história, todo o ano roda o país,  seja como  papo de mesa de bar, seja via e-mail, mas até então, nunca havia ocorrido caso que o comprovasse de fato.

Pois bem. Na edição Nº48 da Revista Voto, do mês de outubro, na coluna Manual do Candidato, escrita pelo advogado Antônio Augusto Mayer dos Santos, eu leio o texto “Voto Nulo e ‘nova eleição’ Municipal”. Como conheço a revista de um certo tempo e sei de sua credibilidade, além de acreditar que um texto escrito por um advogado a respeito de legislação eleitoral não seria uma notícia incoerente, confio no que leio.

Logo eu, que sempre acreditei que o voto nulo servia para alguma coisa. Fiquei desapontado, confesso, após ler tal coluna, pois percebi que nenhuma maneira era possível de mudar as opções e as regras que tinhamos no tabuleiro do jogo. Tive que novamente aceitar o que li e por vezes até expliquei em algumas cervejadas por aí, que o voto nulo de nada servia, pois como havia lido na Revista Voto, o que vale para as eleições, são os votos validos.

Eis então que recebo um e-mail, nessa linda manhã de sol, que reproduzo abaixo:

“LIÇÃO DE CIDADANIA

Bom Jesus de Itabapoana – 89,23% de votos nulos

O município de Bom Jesus de Itabapoana deu um exemplo raro, talvez inusitado, de cidadania. Por estar contra o único candidato a prefeito, pelos seus antecedentes e despreparo, dos 26.863 eleitores que compareceram às urnas, 20.821 decidiram, conscientemente anular o voto …

Os votos nulos alcançaram 89,23% dos votos válidos. Um exemplo de coragem e esclarecimento dessa população que usou o seu poder de escolha.

Com isso o TRE terá que fazer nova eleição e o candidato alijado não poderá se candidatar novamente. O interessante é que esse fato não foi divulgado em nenhuma mídia.”

Como diariamente somos bombardeados de e-mails, que na sua maioria são enviados por pessoas de nossa confiança, mas que são textos sem nenhum fundamento real, procurei buscar a veracidade nessa história.

E não é que eu acho nos sites do O Globo, do UOL, da CMI Brasil e da Agência Brasil (que tem seu texto clippado em diversos blogs e sites, dentre eles o site do Terra), notícias que provam que o e-mail que recebi não é mais uma lenda virtual. Ou seja, o voto nulo é valido e funciona de verdade. Com 50% +1 dos votos anulados, pode-se SIM cancelar uma eleição!

Com essa história aprendi duas grandes lições:

1- Não confiar em tudo que vejo, leio, ouço, independente da fonte ou local de origem, procurando averiguar sempre a sua credibilidade, e se for algo questionável à verdade, buscar fatos que contrariem o que está sendo contado.

2- Mais do que nunca denfendo, agora com mais força ainda, o voto nulo, pois sei que só com ele podemos mostrar a nossa indignação contra quem mal nos representa.

5 respostas para O voto nulo e a sua credibilidade

  1. Gabi disse:

    suspeitei desde o principio

    juro!

  2. Tiele disse:

    O país teria que se espelhar e unir nessas.
    Mas acredito que não há cultura pra tanto, sinceramente!
    Povo politizado, se não acredita no candidato, idolatra o partido. E viceversa! Pena, até que seria bem interessante.

  3. Juliana Campos Chaves disse:

    69!!! Sempre!!! Um dia estaremos conscientes o suficientes para não acreditar em tudo que nos dizem…

    Um dia a urna eletrônica vai fornecer um botão de voto nulo e não branco… Mas isso seria um salto imenso para a tal “democracia”…

  4. […] Por essas e por outras que sou a favor do voto nulo! […]

  5. Mila disse:

    Faltou citar uma lição aprendida: ADVOGADO É TUDO FALASTRÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!!!😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: