Texto em Flip

McLuhan, em sua teoria do meio, disse que a mensagem muda de sentido de acordo com o meio que ela é transmitida. No caso, transmitir uma notícia em um jornal impresso, não terá o mesmo sentido quando transmitido por um sítio na web, pois seu conteúdo será lido de maneira distinta, já que os meios pelos quais são transmitidos são diferentes.

Atualmente, alguns jornais e revistas, estão buscando utilizar de uma tecnologia que pouco é explorada, chamada Flip. Esta tecnologia baseia-se em transmitir as mensagens do meio impresso (na integra, incluindo inclusive, as propagandas) para o meio digital.

Contudo, esta nova forma de leitura é bem mais complicada do que a forma convencional, pois, nem todos os leitores de jornais impressos tem acesso a web, e mesmo que tivessem, a rapidez que o usuário tem de folhear as páginas de um jornal ou revista impressa é muito maior que na versão digital. A vantagem, no entanto, é que é possível ler o conteúdo da versão impressa destas mídias, a custo zero. Ou seja, de graça.

Atualmente encontramos na web as seguintes mídias que se utilizam do sistema de Flip:

Jornal Zero Hora

Jornal do Brasil

Revista Pix

Tanto nos jornais Zero Hora e Jornal do Brasil, é necessário utilizar-se da ferramenta de zoom para poder ler o conteúdo das matérias. Contudo, na Zero Hora, pode-se clicar em cima das matérias abrindo assim, um box com a matéria em um tamanho legível, útil para buscas especificas de uma determinada notícia. O interessante do flip do Jornal do Brasil é que o leitor o folheia, como se estivesse folheando um jornal impresso. Pegando pela ponta, e passando pro outro lado, podendo até “brincar” com a folha, dobrando-a.
Já a revista Pix, nos trás em melhor qualidade a utilização do flip. Não é necessário dar um zoom em nada, tão pouco, clicar nas matérias que lhe interessam. é possível ler os textos no tamanho que se encontra. A revista utiliza-se, assim como o Jornal do Brasil, da técnica de leitura como se estivesse lendo a versão impressa. O engraçado disso, é que ambas as mídias além de se utilizarem dessa técnica, buscam imitar o som do papel quando folheado.
A vantagem nisso tudo, é que nas três mídias, é possível digitar a página que deseja ler, e rapidamente a página está a sua frente.

Apesar de todos os problemas que o flip apresente, ele é uma forma interessante de se apresentar um conteúdo, além disso, como falei antes, é a custo zero ao acesso da informação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: